Media Digital e Socialização

Media Digital e Socialização
Mundo digital E-Portefólio

O mundo é uma aldeia global digitalmente...

O mundo é uma aldeia global digitalmente...

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Visão dos estudantes de hoje

video

Os computadores e os novos aparelhos electrónicos, a televisão e todos os aparatos que rodeiam hoje os jovens e as crianças, desde tenra idade, revelam-se meios mais atractivos de acesso à informação, com pouco esforço e, como tal, muito mais gratificante do que o ensino tradicional no contexto escolar. Sucede, então, que, perante esta realidade, cabe a escola e aos docentes a mudança de estratégias e metodologias, no sentido de tornar a aprendizagem formal em meio escolar mais apelativa e pertinente, de modo a preparar cabalmente os alunos para poderem enfrentar a sociedade da informação em constante devir.
Como tal, cabe ao professor o incentivo da curiosidade, por parte do aluno, o desenvolvimento do seu espírito crítico, a sua cada vez mais crescente autonomia, estimular a resolução de problemas e a tomada de decisões, criando todas as condições necessárias para o sucesso educativo do mesmo. Assim, a experiência e o saber do docente evidenciar-se-ão no diálogo pedagógico que estabelecerá com os seus alunos e que nunca poderá ser subestimado em prol de uma formação adequada e de uma aprendizagem válida para lidar com os diversos conteúdos e os instrumentos que fazem já hoje parte da realidade escolar.
É inegável que a constatação deste novo desafio acarreta uma maior complexidade na prática lectiva pela articulação dos diferentes saberes com as novas tecnologias. No entanto, tal significa também um enriquecimento em termos pessoais, para o docente, ao tornar-se um parceiro na construção de saberes, partilhando experiências e pontos de vista com os seus alunos. Daí que seja determinante o investimento dos docentes nesta nova prática lectiva, ao incentivarem nos seus alunos a construção de conhecimento, através do estímulo à curiosidade dos jovens, à atenção e na resposta às múltiplas solicitações da sociedade, pela capacidade crítica e pela reflexão.
A escola actual e o modo como se organiza, tanto a nível pedagógico e funcional, e o ensino formal organizado em disciplinas são, na realidade, um processo de educação compartimentado que não olha a formação do indivíduo como um todo, que parte de uma concepção abstracta do conhecimento, não valorizando as actividades do quotidiano dos jovens, os conhecimentos e interesses que já trazem antes de chegar à escola, nem os que entretanto vão adquirindo em contextos extra-escola.

Sem comentários: